A opinião da família e amigos é importante na escolha da minha profissão?
A opinião da família e amigos é importante na escolha da minha profissão?

A opinião da família e amigos é importante na escolha da minha profissão?

  • Post Category:Blog

Todos sabemos que a opinião da família e amigos pesa, peso esse acrescido principalmente quando não se sabe que profissão seguir.

Se pensares bem, quando tens uma opinião ou tomas uma decisão e estás seguro dela não há nenhum familiar ou amigo que te demova, mas quando existe a dúvida e/ou incerteza, já não é bem assim…

Claro que a opinião deles tem importância para ti, eles conhecem-te e se calhar vêem características em ti que se adaptam perfeitamente a determinada profissão, ou então pode ser um desejo deles para ti. Neste sentido, importa averiguares o porquê de defenderem/sugerirem determinada área profissional, se é por apresentares características necessárias para determinadas funções, se é pelo estatuto, prestígio, regalias, estilo de vida, etc.

A opinião das pessoas de quem confias deve ser ouvida e refletida por ti, se a fundamentação que eles dão for baseada em determinadas capacidades que eles encontram em ti, torna-se ainda mais construtiva, visto que podes descobrir coisas novas sobre ti e sobre o mundo do trabalho que ainda não conhecias ou tinhas prestado atenção.

Pondera sempre se realmente as opiniões fazem sentido para ti ou não. Faz uma autoavaliação para verificares se tens capacidades para tal e se te imaginas a exercer essa profissão. Por exemplo: podes gostar de jogar futebol, seres muito bom(a), no entanto não desejares ser jogador(a) profissional.

Estas reflexões são importantes para o teu caminho vocacional – o que sentes que se adequa a ti? e o que rejeitas e colocas de lado? Respondendo as estas e outras perguntas irás afunilando um pouco mais as tuas opções.

Podes sentir as tuas incertezas como algo negativo mas não tem que ser assim! A incerteza ocorre quando se está a considerar várias opções e temos de ponderar sobre elas, o que acarreta mais carga na tomada de decisão. Uma forma de aligeirar este momento é tomar consciência que qualquer que seja a tua decisão podes sempre modificá-la e/ou adaptá-la às novas descobertas/experiências que vão surgindo, não é totalmente irreversível como possas pensar.

Ao longo da vida as pessoas vão ajustando o seu caminho e seguindo direções, não existe uma única direção, existem várias, e felizmente no que toca à escolha da área, curso, trabalho, é sempre possível mudar.

A mudança permite evoluir e adaptar, não tenhas receio de tomar uma decisão, caso verifiques que afinal já não te faz sentido, ajusta o teu rumo. O rumo é teu e felizmente és tu que o escolhes!

A equipa de orientadores vocacionais da Bioplus está pronta para te guiar.