Já mediu a sua Felicidade Hoje?
felicidade

Já mediu a sua Felicidade Hoje?

De certeza que existe um termómetro na sua casa. Com certeza que já o utilizou várias vezes para medir a temperatura com suspeitas que estaria a ficar doente…de forma a proteger-se.

Quando estamos tristes ou com um problema que aparece nas nossas vidas utilizamos todos os nossos recursos e a ajuda necessária para superarmos esse estado negativo.

A mesma coisa acontece com a ameaça de ficarmos doentes o nosso corpo mobiliza-se para intervir.

Mas porque razão quando não estamos doentes ou sem problemas não agarramos no termómetro para medir a nossa Felicidade? Porque não nos mobilizamos com tanta energia para procurar mais saúde, mais emoções positivas nas nossas vidas?

Na realidade o modo como funciona a nossa mente não nos tem ajudado. Os aspetos negativos chamam mais a nossa atenção, exigem mais recursos psicológicos e causam bastantes danos. O modo como interpretamos a realidade à nossa volta também tem bastante influência, mais facilmente ficamos preocupados com o futuro ou inseguros face à vida do que otimistas e esperançosos.

Da mesma forma que soa a sirene quando há perigo deveria também tocar um alarme interno para nos acordar e fazer descobrir o que nos faz sentir bem!

Como é que as coisas boas podem realmente chamar mais a nossa atenção do que as más?

A Psicologia Positiva é uma ciência que se tem ocupado a ajudar o ser humano a colocar o seu foco na grande oportunidade de ser feliz!

A possibilidade de potenciar os aspetos positivos da sua vida é possível e com isso estará a promover a sua felicidade.

Então vamos lá medir na sua vida o que o faz rir? O que o faz ficar horas entretido sem se dar conta do tempo passar? O que o faz sentir-se grato? Que pessoas tem na sua vida com quem adora estar? O que o faz sentir-se útil e realizado? E quantas vezes procura a resposta a estas perguntas e com que intensidade?

Depois de tomar consciência de tudo isto, vai constatar que as situações agradáveis também lhe acontecem de forma rotineira. Claro, que não lhes estava a dar a importância merecida ou não as estava a registar mentalmente de forma significativa.

Vai também reparar que o que o faz sentir-se bem ou mal, depende na maioria das vezes daquilo que faz, do seu comportamento ou atitude.

Por isso, agora que tocou o alarme, parta para a ação e seja feliz!

A Bioplus tem serviços que promovem o potencial humano. Saiba mais aqui: www.bioplus.pt ou acompanhe-nos no facebook.